domingo, 7 de setembro de 2014

Fui de bike!

-->
por katia maia








Nesse 7 de setembro, aproveitei para viver a Capital Federal de forma despojada, sem estresse e de bem com a vida. Eu que sofro no trânsito de Brasília e invariavelmente me sinto destroçada com a quantidade de carros nas ruas, resolvi passear pelas ciclovias da cidade.

Ciclovia do sudoeste
No meio do caminho havia um Ipê!
Já as tinha experimentado no Eixo Monumental, utilizando as bikes laranjinhas do Itaú. Mas, na ocasião, por falta de estação aqui perto de casa, fui de carro e peguei uma no Memorial JK. Hoje, não, hoje eu sai de casa de bike e peguei a ciclovia do sudoeste, que corre paralela à avenida do Parque da Cidade.

Adorei a experiência. encontrei, até, no meio do caminho, um lindo ipê amarelo, desses que enfeitam a nossa cidade depois da primeira chuva. Só me frustrei quando percebi que a ciclovia acaba na quadra 100 e não tem mais conexão com nada. Tive que acessar o eixo Monumental pelas ruas, juntamente com os carro. Mas, de boa, o transito estava tranquilo.
Ela:a bike!

No Eixo monumental, tudo foi mais fácil. A ciclovia vai até a torre de TV e essa está em bom estado e o caminho é lindo. Não fosse a (ainda) falta de noção de muita gente que insiste em caminhar nas ciclovias, tendo a calçada ao lado.

Em relação a isso, eu realmente não entendo, por que a s pessoas optam pela ciclovia para caminhar, quando ao lado tem uma calcada. Vai entender. Famílias inteiras caminhando pelas ciclovias!

No meio do caminho havia um mal educado
Mas, isso é até contornável. O que não deu para passar batido foi a falta de noção do motorista do Renault Clio Vermelho que estacionou o carro bem na saída da ciclovia. Falta de consciência e sentimento coletivo. Infelizmente, ainda temos que conviver com esses cidadãos “antas” que pensam que o espaço público é deles e que o restante não importa.

Fonte da Torre e o céu azul de Bsb
Bom, tirando os “sem noção” caminho, pude vivenciar uma
Brasília agitada, cheia de pessoas nas ruas, indo e vindo do desfile da Esplanada dos Ministérios, saindo do estádio Mané Garrincha, onde Brasil ganhava da Argentina, no futsal, além de tantas outras que apenas passeavam pela Torre de TV, tiravam fotos na fonte da Torre e levavam as crianças para correr, brincar e ser feliz na capital do país.


p.s. Como a bike é dobrável (adquirida no Circuito Pedalar do BB), no fim do passeio, me encontrei com meu filhote e um amigo que haviam ido ao Estádio assistir ao jogo defutsal, dobrei a bike, chamei um taxi e voltamos os três para casa. simples assim.

Dobradinha no porta malas do taxi





Caminhos que levam à Torre de TV
Flores da Torre de TV

Para refrescar
Ipê da Torre de TV

E aí bla... bla... bla eu gostei

Restaurante Bla´s, na Asa Norte por katia maia Então, fui conferir uma das opções do Restaurante Week dessa leva. O escolhido foi...