quarta-feira, 27 de julho de 2011

Olhares sobre Nova York - Part #2

por katia maia

O que fazer numa cidade que tem tudo para fazer? Por onde começar? Eu diria que um bom começo é andar! Isso mesmo, caminhar pela cidade. Nova York, por si só, já é um espetáculo. Parece que estamos em pleno set de filmagens dos grandes filmes hollywoodianos. Para todo lado que se olha, vê-se um ângulo para uma foto. E se olhar para cima, então, nem se fala.

#NYC é um espetáculo de arranha céus que emolduram a Ilha de Manhattan e que nos impressionam por seus desenhos, tamanhos, formas e imponência. As ruas da cidade parecem estar prontas para que possamos rodar um filme. A minha vontade era ligar  o ‘play’ e sair registrando meus passos e dos meus meninos pela Big Apple. Quem sabe ainda não me aventuro num roteiro incidental na cidade que nunca para.
Flatiron Building

Mas, andanças a parte, temos que perder, ou ganhar, um bom tempo de nossa passagem pela metrópole num dos parques mais badalados do mundo: o Central Park. Nele, nos dispusemos a procurar uma sombra, para fugir do calor de 100º Fahrenheit, claro, ou os nossos conhecidos 36º Celsius, com uma sensação térmica de 41 graus, creia-me.

Fomos para uma área bem ampla, com um gramado belo, muitas pessoas deitadas, tomando sol, e outras, como eu e meu filhote mais novo, se escondendo nas sombras. Deitamo-nos na grama e ali passamos pelo menos 40 minutos deitados.

Pés no Central Park

Cochilei. Sim, cochilei ouvindo ao fundo uma música, meio pop, meio rap, que saía do som portátil levado por um grupo de amigos, com ar de latinos, que andavam de skate na pista logo atrás do gramado onde descansávamos.

Ânimos refeitos, continuamos nossas andanças por #NYC. Tudo feito por meio de metrô, claro. A passagem custa US 2,25 se você compra o cartão de metrô recarregável.

Andanças pelo Central Park

Começamos com vinte dólares, mas logo tivemos que ‘recharge it’, porque metrô é o meio de transporte mais eficiente numa cidade grande como NYC e em outras também. Pena que no Brasil a falta de interesse, vontade política ou seja lá o que for limita tanto o uso desse meio de transporte.

Enfim, do Central Park zarpamos para o Metropolitam Museum. Assunto para nossa próxima parada em Olhares sobre NYC.

E aí bla... bla... bla eu gostei

Restaurante Bla´s, na Asa Norte por katia maia Então, fui conferir uma das opções do Restaurante Week dessa leva. O escolhido foi...