quarta-feira, 11 de julho de 2012

Com a palavra – suas excrescências


da série #memórias_de_um_eleitor

Alguém acredita na cassação do Demóstenes? Melhor, alguém vai ficar surpreso se ele não for cassado? Se eu puder falar por mim, digo: depois do Renan Calheiros, tudo é possível. Aliás, vou mais além: alguém acredita na austeridade de uma casa comandada por uma pessoa chama José Sarney? Falo, de novo, por mim: eu não!

A verdade é que tudo é feito do jeito que eles querem e com a cara de paus que lhes é peculiar. Salvo raríssimas exceções, (raríssimas, mesmo!), esse parlamento está impregnado de excelências (ou seriam excrescências?) que fazem ‘broma’ da cara do povo brasileiro.

O Demóstenes é hoje a caricatura de um cachorro sarnento agonizando. Mas, ninguém se iluda: há remédio e tratamento para essa besta feroz e isso se chama escárnio! Não custará a nenhum deles livrar a cara do Demóstenes, que está mais para DebocheTenes. Aliás, custará, sim, custará ao nosso bolso que continuaremos pagando o salário e os benefícios de mais esse senhor que mentiu? Mentiu, sim! Usou o cargo? Usou sim!

Até eu, que sou mais boba, sabia que o cachoeira era bicheiro. Ah, vá! Agora vem com essa de que era amigo e não sabia que o contraventor era... Contraventor!!! DMML – Don’t make me laught!

Se o senado quiser maquiar um pouco o que todo mundo sabe, mas nenhum eleitor tem a coragem de mudar, é preciso que se casse esse senhor. Mas, olha... Sei não.

Blade Runner para bebês?

por katia maia Com meus filhos crescidos, adultos e já homens feitos, não preciso mais pautar minhas idas ao cinema aos horários, ses...