quinta-feira, 23 de julho de 2015

No meio do caminho tinha um pintor... Criando!


Criador e criação em andamento
Por katia maia

Quando a gente vai a uma exposição, já espera encontrar um momento de inspiração. Mas, quando a gente chega ao local e tem a oportunidade de presenciar a inspiração acontecendo, aí é maravilhoso.

Hoje, tive a grata surpresa de presenciar a criação de uma obra ao vivo e em tempo real. Divino, simplesmente divino!

Ao chegar ao CCBB-DF para ver a exposição Bracher – Pintura ePermanência de Carlos Bracher, eu já sabia que veria a arte em estado puro e me deleitaria com as telas do artista. Já tinha lido sobre o trabalho dele e tinha uma missão especial de ver e avaliar o artista para um projeto ainda em gestação. 

formas, inspiração, rabiscos, arte!
Entrei na galeria um, olhei, me encantei com os traços e me senti feliz por ter a oportunidade de ver o trabalho do pintor mineiro “considerado um dos grandes mestres brasileiros a deter o domínio da pintura sobre tela”. 

Imagine, então, a minha surpresa ao sair da galeria dois  perceber uma certa movimentação no pátio do CCBB-DF e perceber que estava lá, nada mais nada menos do que o próprio Bracher, na iminência de começar a criar!

Isso mesmo, ele, o artista estava lá, com uma tela em branco àsua frente e se preparando para descarregar naqueles espaço ainda vazio um momento capturado por sua mente e seu talento.
De repente, música clássica ao fundo, plateia atenta – crianças e idosos em sua maioria – e o artista começa seus rabiscos. 

E assim ficou a obra...
Primeiro, apenas traços em carvão. Formas soltas e jogadas sobre a tela vazia. Para mim, na minha santa ignorância, quanto mais ele rabiscava, mais a obra ficava completa. E quando ele terminou com o carvão, pensei: perfeito!

Mas, não era nem o começo. Para mim, daquele jeito, a obra já estava irretocável, mas o criador seguiu em frente e, pincel, tintas, cores, natureza, paisagem, plateia e uma hora depois... a obra!



A paisagem inspiradora
Coisas que acontecem no nosso dia a dia e nos surpreendem.