segunda-feira, 28 de junho de 2010

IPHAN reconhece sol em obra de Burle Marx e pede providências à Presidência

por katia maia

(matéria foi publicada também no G1)

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), por meio da Superintendência Regional do Distrito Federal informou que a sua Divisão Técnica está finalizando (curiosamente HOJE) um Ofício sobre as más condições às quais está exposto o Painel do Burle Marx do Palácio do Planalto.

Segundo a assessoria de imprensa do IPHAN-DF, na quinta-feira passada, dia 24.6, o órgão realizou uma vistoria técnica no Palácio do Planalto e percebeu que “de fato os raios solares estão incidindo sobre a obra de arte e que esta incidência pode ocasionar danos”.

O Oficio que ‘está sendo finalizado hoje’ será encaminhado à Secretaria de Administração da Casa Civil, da Presidência da República, solicitando que sejam tomadas providências em relação à devida e adequada proteção do Painel de Burle Marx.

A obra tem sido alvo diário de raios solares durante a tarde. Tudo porque a proteção que foi colocada nas vidraças do prédio durante a reforma não é suficiente para barrar a incidência que acontece principalmente no fim da tarde. Entre as providencias solicitadas no oficio, o IPHAN pedirá a colocação de uma persiana específica para proteção da obra.





IPHAN pedirá persianas adequadas para proteger obra

O IPHAN não identificou se já houve algum dano à obra. Ainda de acordo com sua assessoria, “à primeira vista, o arquiteto que fez a última vistoria técnica não identificou avaria ao Painel por conta do sol”.

O Instituto justificou que a vistoria não foi especificamente para verificar as condições do Painel e que por isso o arquiteto não olhou a obra detalhadamente. Mas, “a princípio, não foi identificado qualquer dano, embora o arquiteto não seja especialista e que certamente em função desse fato, será feita uma visita técnica em breve somente para verificar se houve algum dano”, informou a assessoria.

IPHAN ainda não sabe se já houve dano


O Painel 'Sem título' de óleo sobre madeira mede 421,5 x 1669 cm e foi produzido em 1972. Dentro do acervo de obras artísticas do Palácio do Planalto, o Painel é a única do paisagista Burle Marx.

A reforma do Palácio do Planalto começou há mais de um ano e a previsão era de que fosse finalizada no mês de abril, no dia 21, quando Brasília completou seu primeiro cinqüentenário. A obra não terminou ainda e não tem prazo para terminar.

O projeto de restauração do local é assinado pelo arquiteto Oscar Niemeyer e a obra inicialmente foi orçada em R$ 88 milhões.