domingo, 27 de junho de 2010

Sol no Painel de Burle Marx

Por katia maia

Há mais de uma ano em reforma, o Palácio do Planalo aguarda o fim da obra marcado inicialmente para o dia 21 de abril deste ano, data em que Brasília comemorou o seu cinquentenário. Como já era esperado, a reforma não terminou no prazo e a obra continua.

Mas o que me chamou a atenção ao passar pela Esplanada dos Ministérios neste domingo, não foi a falta de compromisso com os prazos da obra, mas sim com as obras de arte que estão lá dentro do Palácio e que tem como prazo durar a eternidade.

Só que, para isso, é preciso cuidado com cada uma delas, o que não me pareceu estar acontecendo, por exemplo, com o painel de Burle Max que fica no salão lateral do Palácio do Planalto.

O Painel 'Sem título' de óleo sobre madeira, medindo 421,5 x 1669 cm e produzido em 1972, todas as tardes, recebe a ação dos raios solares o que, imagino, desgasta e destrói aos poucos a obra.

O sol bate diretamente no painel de Burle Marx, apesar da tentativa de proteção.

Há até, reconheço, uma tentativa de barrar o sol com folhas de papel pardo coladas nas vidraças do Palácio, mas que não são suficientes para impedir que o sol bata diretamente sobre o Painel de Burle Marx.

Gostaria de saber quem está supervisionando a restauração do local e especialmente quem está cuidando da integridade das obras de arte que fazem parte do acervo do Palácio do Planalto e portanto são patrimônio público - meu, seu e de todo o povo brasileiro.

Ação do calor solar sobre o Painel

Há um site especialmente criado pela Presidencia da República para falar da reforma do Palácio do Planalto e os cuidados que foram tomados com licitação, procedimentos administrativos e até com o acervo.

Na página que fala das parcerias técnico-administrativas, há um parágrafo especialmente dedicado ao cuidado que se deve ter com o acervo e curiosamente cita o Painel de Burle Marx como exemplo. Está escrito:

"Considerando a existência de obras de artes instaladas no Palácio do Planalto, como por exemplo, o painel do artista Burle Marx, a Presidência da República mantém permanente contato com o IPHAN - Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, por intermédio da sua Superintendência Regional no Distrito Federal, adotando as cautelas necessárias à preservação desse conjunto histórico-patrimonial".

As folhas de papel pardo não impedem a ação do sol sobre a obra de arte

Bom, vamos perguntar ao IPHAN e à própria Presidência da República se está correto deixar o painel exposto ao sol, dia após dia. Talvez, não tenha problema e eu é que estou vendo coisas demais e imaginando que aí esteja mais um exemplo de descaso com a coisa pública. Não sei, talvez...

Para quem quiser conhecer mais sobre o acervo do Palácio do Planalto, há um site da Presidência da República onde é possível conhecer todas as obras de arte de seu acervo:

http://www.presidencia.gov.br/palacios/palacio_planalto/obras_arte/autores/

Sobre o Painel de Burle Marx :

http://www.presidencia.gov.br/palacios/palacio_planalto/obras_arte/autores/aut_burlemarx