segunda-feira, 7 de junho de 2010

O sujo falando do mal lavado

por katia maia

Fica tudo tão próximo, tão parecido e tão igual que às vezes me pergunto: faz diferença votar no candidato tucano ou na candidata petista?

Olha só: Dilma Roussef foi ativista na época da ditadura, lutou contra o regime militar, foi presa e torturada. José Serra presidiu a UNE, também foi perseguido e se exilou no exterior depois do golpe de 1964.

Dilma defende a bandeira do governo Lula de transferência de renda por meio do programa Bolsa Família que, a meu ver, mais do que o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), é o melhor produto que ela tem nas mãos para buscar seu eleitorado. Isso colando sua imagem à do Lula, claro. Porque sem o presidente por perto ou para dar suporte, Dilma não passa de ‘aquela mulher’, para o eleitorado nordestino – reduto onde o bolsa família mais faz a diferença e onde Serra precisa buscar seu espaço.

É mas, a verdade é que o Bolsa Família teve sua origem no Bolsa escola implementado em 2001 pelo governo de Fernando Henrique Cardoso. Em 2003, ele foi incorporado ao Programa Bolsa Família pelo presidente Lula. E é justamente o mesmo bolsa Família de Lula/Dilma que o Serra garante que vai manter.

E o PAC? Bom, o PAC – que era filhote da Dilma. Afinal, ela foi sempre dita e sabida por Lula como a ‘Mãe do PAC’ – esse está meio lá, meio cá. O prório balanço do governo não conseguiu dar uma ‘ajudinha’ aos números e o Palácio do Planalto foi obrigado a admiitr que menos da metade (46%) do programa se efetivou. Esse, então, nem dá para falar muito e é até bom deixar meio de lado. É melhor mostrar só o que está dando certo, apresentar algumas obras grandes e tentar não falar de sua baixa execução.

Para Serra, o PAC não passa de uma lista de obras, mas já aproveitou em outras ocasiões para relacionar o PAC ao Avança Brasil, do governo Fernando Henrique Cardoso. "Não sou contra isso, não (PAC). É bom ter itens, porque já vai se abrindo caminho, como fez o Avança Brasil, do governo passado. O PAC recolheu muitas coisas do Avança Brasil", disse na época.

Então, o que pensar. Quem é quem? Onde começa o governo e termina a oposição? A guerrinha é somente na justiça eleitoral? Oposição entra com recursos por propaganda antecipada, governo idem, idem, da mesma forma. Dilma usa tempo de programa na TV do PT para fazer propaganda eleitoral, Serra utiliza tempo do Democratas para também se promover.

Pára! Pára que eu quero descer.

É o sujo falando do mal lavado. É a velha história: fala a mesma coisa mas diz diferente para parecer outra coisa. O eleitor que se prepare. Essas eleições vão ser mais do mesmo.

Blade Runner para bebês?

por katia maia Com meus filhos crescidos, adultos e já homens feitos, não preciso mais pautar minhas idas ao cinema aos horários, ses...