sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Me demita!

APAGÃO DO EMPREGO 1
Em reunião na última quarta-feira, em São Paulo, empresários de diversos setores da indústria brasileira demonstraram preocupação com o repentino aumento do número de trabalhadores que pedem para serem demitidos. Segundo os empresários, o fato está ligado ao aumento do valor recebido pelo seguro-desemprego, para até R$ 954,21, que entrou em vigor no primeiro dia deste ano.

APAGÃO DO EMPREGO 2
O trabalhador menos especializado está preferindo ficar em casa, por até cinco meses, mesmo ganhando menos do que se estivesse no chão de fábrica. Enquanto isso, sobram vagas nas escolas de ensino profissional e técnico, de requalificação do trabalhador. No Senai e no Cefet de Santa Catarina, das 77 mil vagas disponíveis, 24 mil não foram preenchidas. "É o apagão da mão de obra", disse um industrial.
(Do Mercado Aberto - Folha)

Blade Runner para bebês?

por katia maia Com meus filhos crescidos, adultos e já homens feitos, não preciso mais pautar minhas idas ao cinema aos horários, ses...