terça-feira, 23 de março de 2010

Arruda diz que desistiu de recorrer de cassação

Manobra será usada como argumento para que governador deixe a prisão


Defesa insiste que, fora do governo, ele não poderia influir nas investigações; decisão abre brecha para transferi-lo para a Papuda


DA Folha de São Paulo

O governador cassado José Roberto Arruda (sem partido), preso há quase dois meses na Polícia Federal, desistiu de recorrer na Justiça da perda de mandato por infidelidade partidária, decidida pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral).
Na prática, Arruda manobra para conseguir mais um argumento para revogar a prisão por tentativa de suborno. A defesa sustentará que Arruda, cassado, não tem como influenciar as investigações, uma vez que está fora do governo.
O STJ (Superior Tribunal de Justiça) deverá analisar a soltura ou a mudança para prisão domiciliar.