quarta-feira, 7 de julho de 2010

Escreveu não leu...

por katia maia

Realmente, a cada dia que passa me surpreendo mais com o que leio e vejo nesse maravilhoso mundo da política. O mais recente fato, que me surpreendeu (confesso) foi a trapalhada do Programa de Governo da candidata petista à presidência, Dilma Roussef.

O texto foi apresentado com itens, pontos e propostas simpáticas às alas mais radicais do Partido dos Trabalhadores. Temas, inclusive, que segundo informaram pessoas do staff de Dilma, poderiam se contrapor às próprias idéias da candidata. Pode?

Pode e pode mais: Dilma assinou tudo, página por página. Tudo lá, rubricadinho pela presidenciável.

No documento, propostas como a redução da jornada de trabalho, um tema que a própria Dilma desconversou quando deu entrevista à Rádio CBN, em maio. Na ocasião, ela disse que não achava que isso fosse assunto de governo e que não deveria opinar.

Só faltou agora a candidata ler o programa que ela assinou para ver que ela não só estava opinando sobre o assunto, como assinava embaixo!

Mas isso é só a ponta de uma constatação mais grave ainda: para consertar o erro, o PT retirou às pressas o programa entregue ao TSE e substituiu por outro mais (digamos) ‘light’ e, pior, na hora de explicar a trapalhada, disse que Dilma havia rubricado página por página do programa SEM LER!

Pode?

Agora, para refletir: pode um presidente de um país assinar papéis sem saber do seu conteúdo? Ainda há tempo...

Até eu que sou mais boba leio tudo o que assino e mesmo assim, confesso, já entrei numa fria porque li e não interpretei ou interpretei, mas aceitei as ponderações e depois: me ferrei!

Então, Dilma, na boa, assinou, não leu...

E aí bla... bla... bla eu gostei

Restaurante Bla´s, na Asa Norte por katia maia Então, fui conferir uma das opções do Restaurante Week dessa leva. O escolhido foi...