quinta-feira, 8 de julho de 2010

perdeu a noção.

por katia maia

Agora, a questão é: quem é mais humano do que o outro a ponto de justificar os erros em cima daqueles cometidos por outros.

A presidenciável petista Dilma Roussef assinou o seu programa de governo, vejam bem, o Programa de Governo, sem ler. Assim, como quem não quer nada, embarcando, num saguão de aeroporto, ou seja lá onde for, ela declarou que simplesmente lhe pediram para rubricar e ela rubricou. Todas as páginas! Ah bom!

Assinar sem ler, candidata, é um dos erros crassos de quem não tem muito compromisso com o que ‘endossa’. Eu tenho muito cuidado com o que eu assino porque sei que ao que eu disser ‘concordo’ com minha assinatura poderei sofrer conseqüências desastrosas na minha vida.

Agora, assinar um programa de governo, a toa... Bom isso aí vai ter conseqüência sobre quem? Ah, o povo. Povo? Que povo? Ah, deixa para lá, qualquer coisa, a gente conserta.

É o eterno descaso com as conseqüências. É a eterna certeza da impunidade, que permite que se corra se retire o documento, o refaça e re-entregue.

Bom, eis a leitura (se é que se pode chamar de leitura, já que ela não leu) da presidenciável sobre o episódio: "é fazer muita confusão por pouca coisa e muito barulho por nada. O que ocorreu pode acontecer com qualquer pessoa", afirmou Dilma sobre o episódio 'assinou sem ler'.

Pode acontecer com qualquer pessoa? como assim, cara pálida?
Não imagino um presidente assinando e sancionando Leis que vão mudar a minha vida SEM LER! Então já aprenda desde já candidata: presidente não é qualquer pessoa!

Ah, e tem mais, cuidado com essa de ‘quem nunca fez isso’. Veja o goleiro Bruno do flamengo, certa vez ele declarou: “quem nunca saiu no braço com a mulher’. Está aí o resultado: perdeu a noção!

E aí bla... bla... bla eu gostei

Restaurante Bla´s, na Asa Norte por katia maia Então, fui conferir uma das opções do Restaurante Week dessa leva. O escolhido foi...