terça-feira, 20 de julho de 2010

Mais ingressos para a Sala Funarte!

Por katia maia


Esta semana tem mais Show de MPB e Música Erudita no Projeto ‘A Música na Linha do Tempo’, na Sala Funarte Cássia Eller, em Brasília. Se você se interessou pela programação de estréia, não perca tempo. Este blog está sorteando ingressos para os Show de sexta, 23, e sábado, 24.
Para participar, basta enviar um e-mail para katiamaia@gmail.com ou uma mensagem no twitter para @katiamaia indicando para qual dia deseja concorrer.
O sorteio será na quinta-feira, 22, e o resultado divulgado aqui neste blog.

Confira a programação:

23 de julho - Sérgio Morais

O flautista Sérgio Morais, responsável por apresentar a segunda fase popular do projeto A Música na Linha do Tempo, escolheu dois ícones desse período: Chiquinha Gonzaga (1847 a 1935), como músicas como Lua Branca, Atraente e Gaúcho - O Corta Jaca; e de Pixinguinha (1897-1973) com Acerta o Passo, Descendo a Serra e o famoso Um a Zero, composto para homenagear a vitória do Brasil contra o Uruguai, com o gol de Friedenreich decidindo o campeonato sul-americano de 1919.

Sérgio Morais se interessou pela flauta aos seis anos de idade. De passagem pela Escola de Música de Brasília, teve contato com diversos estilos musicais e formações, do erudito ao popular. Mas foi freqüentando o Clube do Choro de Brasília que descobriu sua maior paixão: o choro, genuína música brasileira.

Sérgio estará acompanhado de grandes artistas da cidade, integrantes de grupos como o Firme e Forte (do qual também fez parte), que acompanhou Beth Carvalho em Brasília, e do grupo AQuattro que vem ganhando destaque no cenário musical da capital. São eles: o violonista 7 cordas Fernando César (da dupla Dois de Ouro), o cavaquinista Pedro Vasconcellos e o percussionista Thiago Viegas.


24 de julho - Fernando Dell Isola

Fernando Dell Isola, alaudista e tiorbista, mostra no projeto A Música na Linha do Tempo, composições de Adrian LeRoy, como Passemeze e Tiers Branle de Malte, e músicas de Jean Paul Paladin, Fantaisie I e II.

O músico é professor da Escola de Música de Brasília desde 1999, onde implantou o curso de alaúde e se especializou na execução de música renascentista e barroca.

Concebeu juntamente com Umberto de Freitas a Família de Violões, com violões de diferentes dimensões e afinações, que juntos viabilizam a interpretação da música renascentista, barroca e clássica sem a necessidade de transcrições.

Com extremo domínio da técnica específica de cada instrumento, vem atuando como concertista e recitalista desde 1986 e como diretor e coordenador musical de vários grupos de música de câmara.

E aí bla... bla... bla eu gostei

Restaurante Bla´s, na Asa Norte por katia maia Então, fui conferir uma das opções do Restaurante Week dessa leva. O escolhido foi...