terça-feira, 13 de outubro de 2009

Cada um defende o seu...

VETO
A Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil enviará uma carta ao presidente Lula para pedir que a redução da jornada de trabalho de 44 horas semanais para 40 horas não seja aprovada. A medida onera em 10% a folha de pagamento, segundo a entidade. A carta será divulgada hoje, em congresso da associação, no Guarujá (SP).(Mercado Aberto - Folha)