quarta-feira, 28 de abril de 2010

judiciário e executivo a favor do sexo!

Vamos Amar!

Katia Maia

O Superior Tribunal de Justiça, STJ, derrubiu hoje a patente do viagra. Bom, me desculpem, mas é inevitável a co-relação entre mais essa notícia com a divulgada na segunda-feira por nosso ministro da Saúde, José Gomes Temporão.

Realmente, parece ação orquestrada. Primeiro, o ministro 'Temtesão', ops, Temporão aconselha aos brasileiros uma medida para lá de prazerosa para combater a hipertensão: sexo pelo menos cinco vezes por semana!

Agora, vem o STJ e quebra a patente do Viagra, o que permitirá que o medicamento genérico do dito cujo seja produzido no país já a parir do dia 20 de junho. Me desculpem, mas não dá para não pensar 'só naquilo'. Esse país está virando um perfeito paraíso para o sexo - que seja seguro, claro!

Com a queda da patente do viagra, a terceira idade, ou melhor idade, que se viu um pouco alijada das declarações do ministro, já que o medicamento não é assim tão acessível a todo velho e bom velhinho que sonha em seguir as recomendações do ministério da saúde, agora, pronto! Seus problemas acabaram.
Que felicidade! Que felicidade!

A indicação médica de fazer sexo pelo menos cinco vezes ao dia (ou seria por semana?) Bom não importa, tem que ser cinco finalmente chegou ao programa governamental da melhor idade. E aí, o velhinho que ficou matutando com os seus botões: - ah, se fosse cinco 'veiz' por ano já tava baum demais!- deu umpuvl da sua poltrona, no meio da tarde de uma quarta-feira, ao ver na TV a boa nova.
-
Agora, a idade dele será a melhor e muito mais proveitosa, com o medicamento indicado para a disfunção erétil amplamente vendido nas farmácias sob a chancela 'genérico'.

Aliás, palmas para o STJ que ontem aprovou a adoção de um criança por um casal lésbico gaúcho. Hum, vale pensar. Esse STJ está bem moderninho. Show. A história do casamento homosexual, eu deixo para falar depois.

P.S. todo esse movimento pró-sexo (seguro, claro) me lembrou a música do Chico Buarque, Vamos Amar, a qual reproduzo aqui na voz de Elza Soares.
///~..~\\\

~