quarta-feira, 14 de abril de 2010

Mais uma da Universal...


Em vídeo, Universal orienta a fazer acordo com "bandido"

Após assalto, número dois na hierarquia diz que ordem é negociar para evitar roubos

"E o bispo quer que isso seja feito em todo o Brasil", afirma Romualdo Panceiro apontado como o sucessor de Edir Macedo, líder da Iurd

RUBENS VALENTE/Folha de São Paulo

A gravação de uma videoconferência realizada entre os principais líderes da Igreja Universal em novembro de 2008 indica que a direção da igreja orientou seus pastores em todo o Brasil a se aproximarem de "bandidos" e presos para evitar que a instituição seja vítima de assaltos. Os pastores deveriam procurar criminosos para explicar o trabalho social da igreja, o que resultaria num acordo tácito para proteção.
A reunião foi conduzida pelo bispo Romualdo Panceiro, apontado pelo bispo Edir Macedo como seu sucessor. Ele falou para pastores regionais de todos os Estados. O assunto do encontro -realizado sem a presença de fiéis- foi um assalto a mão armada ocorrido no bairro Cidade Ademar, divisa entre São Paulo e Diadema. Em 9 de novembro de 2008, 15 homens armados abordaram um carro da igreja e levaram R$ 52 mil, como registrado no 43º Distrito Policial -o caso continua sem solução.
A videoconferência ocorreu no dia seguinte ao assalto. Na gravação, o bispo Romualdo orienta os pastores a procurarem os líderes comunitários e "bandidos". Ele diz que a ordem partiu "do bispo", sem citar nomes -Romualdo é considerado o número dois da igreja. "E o bispo quer que isso seja feito em todo o Brasil. Como fizemos aqui. Mas não é só em uma comunidade, como foi o caso lá. Não é só para você fazer na comunidade da frente, fazer na comunidade de trás. "Pô, a minha região é o quê? É uma favela". Então você tem que fazer em todas as favelas", disse.
O bispo orientou os responsáveis por Cidade Ademar a buscar uma explicação para os autores do recente crime. Ele queria que o pastor da igreja no bairro fosse até os líderes criminosos, nos presídios, para cobrar reciprocidade. (reportagem completa na FSP)

Blade Runner para bebês?

por katia maia Com meus filhos crescidos, adultos e já homens feitos, não preciso mais pautar minhas idas ao cinema aos horários, ses...