sábado, 7 de novembro de 2009

Toffoli acts.

Mônica Bergamo
VAI E VEM
O ministro José Antonio Dias Toffoli "chocou" alguns colegas do STF (Supremo Tribunal Federal) ao pedir vista do inquérito do mensalão mineiro, que julga a participação do tucano Eduardo Azeredo (PSDB-MG) em suposto esquema de caixa 2 nas eleições de 1998 em Minas. Toffoli garantiu a pelo menos dois magistrados -e a outros interlocutores - que não faria isso em hipótese alguma. Fez.

VEM E VAI
Em plenário, Toffoli argumentou que, diante da novidade da polêmica sobre a veracidade de um recibo que faz parte da acusação, precisava de mais tempo para estudar o caso. O ministro Joaquim Barbosa, relator do caso, defendeu que a questão não era a mais importante, já que existem diversos outros indícios contra o tucano mineiro.

Enquanto isso, em Marília...
(Painel)

Garoto-propaganda. Lojistas de Marília, terra natal de José Antonio Dias Toffoli, trocaram fotos de artistas pelas do novo ministro do Supremo para estampar porta-retratos à venda nas vitrines.

Blade Runner para bebês?

por katia maia Com meus filhos crescidos, adultos e já homens feitos, não preciso mais pautar minhas idas ao cinema aos horários, ses...